top of page
Buscar
  • Foto do escritorSINTUFF

Desumana, EBSERH suspende lanche noturno de diversos setores no HUAP


Ofício-Circular, emitido pela gestão do Hospital Universitário Antonio Pedro (HUAP), revela mais um traço de desumanidade e mercantilização do serviço público por parte da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). A EBSERH “suspenderá o lanche noturno aos setores de Centro Cirúrgico, Unidade Coronariana, UTINEO, UTI adulto, CME, Radiologia, Centro de Diálise e Refeitório, a partir de 01/02/2023”, conforme atesta o Ofício-Circular - SEI nº 1/2023/GAS/HUAP-UFF-EBSERH. A alegação para a medida são "restrições orçamentárias", por parte de uma empresa que paga altos salários para seus cargos executivos.

Muitos trabalhadores do HUAP vêm de localidades distantes, não há bandejão noturno na unidade e o comércio nas redondezas encontra-se fechado durante a noite. São medidas como essa que reforçam ainda mais todas as justas críticas a um modelo de gestão excludente, privatista, antiacadêmico, frio e desumano que a reitoria da UFF impôs e insiste em manter dentro do hospital da UFF, que dia a dia tem esvaziado o seu caráter de hospital-escola e sua função social.

O SINTUFF cobra posicionamento firme da reitoria e do Conselho Universitário para que essa decisão autoritária, unilateral e atroz seja revertida e o lanche siga a ser garantido para os setores excluídos pelo ofício. O sindicato denunciará por todos os meios possíveis as práticas cruéis da EBSERH na gestão do HUAP, que retira até mesmo um simples lanche de servidores que estão há sete anos sem reajuste salarial.

Comments


bottom of page