• SINTUFF

Curso sobre história das lutas da classe trabalhadora brasileira

Curso: História das lutas da classe trabalhadora brasileira a partir da formação da industrialização no Brasil: cidade e campo em movimento


Curso gratuito para associados ao SINTUFF

Clique no link para acessar o formulário de inscrição: https://forms.gle/fLN5fsenJE9LsmscA


Finalidade: Curso de história brasileira para os/as servidores técnicos/as administrativos/as da UFF junto ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Universidade Federal Fluminense (SINTUFF)


Ministrado por Ivan Ducatti

- Prof. Adjunto de História Contemporânea – Escola de Serviço Social da Universidade Federal Fluminense (UFF)

- Pesquisador e Vice-Coordenador do Negrem (UNIRIO)

- Pós-doutor em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

- Pós-doutor em História Contemporânea pelo Instituto de História Contemporânea (IHC), Universidade Nova de Lisboa (UNL)

- Visiting Scholar - Dipartamento di Filosofia e Beni Culturali della Università Ca' Foscari Venezia


Cronograma das aulas

(2021)

Quinzenais, das 14 às 16 horas

Maio - 13 e 27

Junho - 10 e 24

Julho - não há

Agosto - 19

Setembro - 02, 16 e 30

Outubro - 14 e 28

Novembro - 11 e 25

Dezembro - 09


Total de Aulas: 15 (quinze). O calendário poderá ser alterado, unicamente, em virtude de dinâmicas das lutas sindicais, como greves e paralisações da categoria, previamente definidas conforme o calendário do SINTUFF.


Ementa

O objetivo desse curso é formar intelectualmente os/as servidores/as técnicos/as administrativos/as da UFF, a partir de noções históricas da formação da industrialização no Brasil contemporâneo. No Brasil as primeiras organizações de luta sindical urbana remontam ao final do século XIX. O movimento sindical brasileiro, em sua capacidade de luta e politização, cresceu à medida dos avanços da industrialização nos grandes centros urbanos brasileiros e se expandindo para todo o interior do país. As organizações de luta sindical expressam, em determinado nível, o desenvolvimento da luta político e ideológica travado no interior da direção de cada sindicato ou conjunto de sindicatos de uma determinada categoria. Esse desenvolvimento da luta sindical também é a expressão do nível de conscientização do controle do trabalho pela classe trabalhadora. A luta sindical no Brasil conheceu várias de suas fases, de avanços e recuos, chegando a se expressar em várias frentes de lutas obreiras, seja em organizações revolucionárias e partidos obreiros de caráter mais reformista no plano estrutural.


Conteúdo

1) A formação da industrialização no Brasil;

2) A formação do sindicalismo no Brasil e as lutas pelas políticas sociais;

3) A questão industrial: capital nacional x capital internacional, ou o desigual e combinado;

4) Centros urbanos: formação e alteração de paisagens contemporâneas;

5) A representação trabalhadora em nível organizacional e partidário: lutas e vanguardas;

6) Messianismo e questão agrária: uma luta sem fim?

7) Desenvolvimentismo e neodesenvolvimentismo: os caminhos do neoliberalismo;

8) As lutas trabalhadoras hodiernas: balanço e perspectiva.




Posts recentes

Ver tudo