top of page
Buscar
  • Foto do escritorSINTUFF

Assembleia mantém greve, elege representantes ao CNG e discute serviços essenciais


Votação pela continuidade da greve. Foto: Jesiel Araujo

A primeira Assembleia de Greve ocorreu nesta terça-feira (12), na Escola de Serviço Social, no campus Gragoatá. O espaço contou com 86 servidores presentes, aprovou a manutenção da greve e delimitou um posicionamento inicial da categoria sobre os serviços essenciais a serem mantidos. Para o Comando Nacional de Greve (CNG), que será instalado na próxima semana, a Assembleia elegeu a representação do SINTUFF, formada por Ermires Gomes Rosa e Sandra Helena de Almeida Lima. Todas as votações foram consensuais.


A Assembleia reafirmou a luta pela reestruturação da carreira, por recomposição salarial e do orçamento das universidades, sendo assim uma mobilização em defesa da educação pública. Foi aprovado um calendário de reuniões envolvendo diversos setores e campi.


A categoria presente avaliou a lista de serviços apresentados pela reitoria como essenciais e a Assembleia aprovou uma contraproposta a ser levada na audiência que será realizada nesta quinta-feira (14). Antes da audiência haverá reunião do Comando Local de Greve (CLG), às 9h, nos jardins da Reitoria.


Durante os informes, foi aberto espaço para o pronunciamento de diversos coletivos estudantis. O DCE-UFF ainda não definiu posição sobre a greve em seus fóruns. A Diretoria da ADUFF, no site da entidade, publicou que “reconhece a importância do movimento grevista e manifesta apoio às trabalhadoras e aos trabalhadores da Educação”. O Conselho Universitário (CUV) também aprovou moção de apoio à greve.

 

댓글


bottom of page