Buscar
  • SINTUFF

Reitor foge do diálogo e a greve continua


A Assembleia realizada na quarta-feira (17/10) aprovou a continuidade da greve e um calendário de novas atividades de convencimento, visual, visita aos setores e organização e participação em atos. Após a assembleia, servidores foram até o Gabinete do Reitor pressionar pela abertura de negociação. Após desmarcar a audiência do dia 3/10, o reitor segue sem indicar uma data.

Nas reuniões realizadas nos diversos setores de trabalho foi reafirmada a necessidade de fortalecer a greve, orientada a paralisação total dos trabalhos e fazer escala de trabalho somente onde o Comando de Greve definir como serviço essencial. As reuniões também serviram para incorporar pautas locais das unidades e setores sobre condições de trabalho. Concomitantemente às atividades de greve, está sendo realizado o Encontro do Interior, em Campos dos Goytacazes, que naturalmente está sendo utilizado em proveito de fortalecer a greve nas unidades da UFF no interior fluminense e em Oriximiná.

Nas redes sociais do SINTUFF foram publicados dois vídeos desmascarando as alegações de Sidney Mello e o estelionato eleitoral de Antonio Claudio acerca do acordo das 30 horas.

Calendário de atividades Quinta-feira (18/10): visita às unidades para consolidar a greve. Sexta-feira (19/10): visita ao HUAP. Sábado (20/10): Ato #EleNão, 15h, Cinelândia. Segunda-feira (22/10): Mutirão de visual e convencimento no HUAP. Terça-feira (23/10): panfletagem aos estudantes nas entradas dos campi (8h) e reunião do Comando de Greve (14h). Quarta-feira (24/10) Ato no HUAP (7h), Assembleia Geral (14h) - HUAP. Quinta-feira (25/10) Sopão Cultural no Gragoatá (17h).

#greve #assembleia #30horas