• SINTUFF

Sem verbas, Museu Nacional é consumido pelas chamas


Uma tragédia se abateu sobre o Museu Nacional, da UFRJ. Um incêndio de grandes proporções destruiu a quase totalidade do valioso acervo da instituição. Esse ocorrido é até o momento o mais visível e dramático resultado da famigerada Emenda Constitucional 55 que reduziu violentamente os investimentos no setor público. Vimos recentemente os efeitos alarmantes dessa medida em relação à pesquisa, no caso da CAPES, e agora em forma de tragédia no Museu Nacional, que vem sendo paulatinamente desabastecido de verbas pelo governo Temer. Os oportunistas de plantão tentam desviar a real causa do incêndio que é falta de verbas, fruto de uma política criminosa do governo Temer, tentando culpabilizar os projetos culturais que recebem incentivos fiscais ou afirmando ser um problema de gestão da universidade. Essa é uma tentativa de mudar o foco e livrar a cara dos corruptos que governam o país. Temer e sua política de ajuste fiscal, pagamento de juros da dívida pública, congelamentos e redução de verbas são os maiores culpados pela extinção desse valioso acervo, juntamente aos governos anteriores do PT e do PSDB que sempre promoveram cortes de verbas na educação e na cultura para alimentar os banqueiros. A suposta economia do ajuste de Temer e dos neoliberais, com suas privatizações e alimentação insana do mercado financeiro, aperas gera mais e mais gastos oriundos de tragédias como essa. O custo da reconstrução do museu será infinitamente maior do que o dinheiro economizado com os cortes.

Ao longo do dia, manifestantes estão participando de protestos contra o descaso sofrido pelo museu, na frente do prédio histórico destruído e na Cinelândia.

#MuseuNacional #incêndio #UFRJ #EC55

45 visualizações

Endereço:
Rua Coronel Tamarino, nº 37 - Gragoatá

Niterói - RJ

CEP: 24210-380

contato@sintuff.org.br

Telefones: (21) 2717-9292 / 3604-1800

© 2013

by Marcello Bertolo

  • Blogger Square
  • b-facebook
  • Google Round
  • Twitter Round
  • b-youtube