Reitor promete publicar documento das 30 horas, mas insiste no ponto eletrônico

17/08/2018

Uma representação da categoria do SINTUFF se reuniu (15/8) com o reitor Sidney Melo. O objetivo da audiência era discutir diversas demandas da categoria, entretanto a reitoria falou sobre a pretensão de implantar o ponto eletrônico em toda a universidade. Inicialmente, e como ponto positivo da reunião, o reitor se comprometeu a publicar no dia 16/8 o documento produzido pela comissão paritária sobre a permanência e funcionamento das 30 horas, que já foi aprovado pela categoria em assembleia. Infelizmente, o documento segue sem publicação.

O reitor se comprometeu a garantir o direito de greve e paralisações, afirmando que não haverá corte de ponto, acrescentando um texto à Norma de Serviço do ponto eletrônico garantindo esse direito. No entanto, Sidney Melo insistiu na aplicação da Norma de Serviço e sua disposição em não revogá-la. Acerca da instalação do ponto eletrônico, o reitor manifestou que o sindicato poderia fazer sugestões a serem incluídas. O sindicato afirmou que não fará nenhum adendo, visto que é contrário à implantação do ponto eletrônico.  

Sobre a situação da EBSERH, o reitor expressou denunciou o descumprimento de contrato no MEC, MPS e PFS. Sidney Melo se comprometeu a realizar concurso público para o Hospital Antônio Pedro para vagas do Regime Jurídico Único. Sobre a demanda da permanência da sub-sede no hospital o reitor respondeu que não falaria sobre esta situação.

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Após pressão, reitoria suspende atividades da UFF no recesso de final de ano

31/10/2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo