Buscar
  • SINTUFF

Tempestade atinge Petrópolis e deixa rastro de destruição


Foto: Silvia Izquierdo


Fortes chuvas caíram contra a cidade de Petrópolis na última terça, 15/2, e deixou um terrível rastro de destruição além de, até o presente momento, pelo menos 78 pessoas mortas. O Corpo de Bombeiros afirma que é impossível estimar a dimensão da mortalidade, portanto é possível que esse número já tenha aumentado quando este texto for publicado. Cenas de terror e desesperança se alastraram pela internet. Enxurradas de água e lama arrastando carros e árvores. Deslizamentos soterrando casas e destruindo comércios e pontos turísticos, principal fonte econômica da cidade.

O SINTUFF se solidariza com as pessoas afetadas e lamenta que, onze anos depois das terríveis chuvas na região serrana, ainda não se tenham tomado providências de planejamento na contenção de encostas e escoamento pluvial. O intenso desmatamento feito por anos e anos também é fator contributivo para todo esse cenário que se repete. No entanto, essa conta não é apenas dos governos brasileiros. Tais tempestades são fruto de uma política global que ignora os alertas sobre aquecimento global. A lógica capitalista de lucro passa por cima de qualquer consciência ambiental ou aviso científico sobre os riscos que o planeta corre.

Foto: Ricardo Moraes


Neste momento de dor e sofrimento é importante que haja solidariedade. Diversas iniciativas já estão sendo tomadas para socorrer as vítimas desta tragédia. Procure por um ponto de coleta perto da sua casa ou organizações que estejam recebendo doações para enviar aos desabrigados. Mais uma vez prestamos toda nossa solidariedade e votos de que as pessoas possam retornar à sua vida normal o mais rápido possível.


Posts recentes

Ver tudo