Buscar
  • SINTUFF

Relatório Financeiro da Coordenação do SINTUFF: dezembro/2018 a julho/2019

Balanço da Coordenação do SINTUFF triênio 2016/2019, referente ao período de dezembro de 2018 a julho de 2019


Clique aqui e acesse os balancetes e fechamentos de mês do SINTUFF (2009-2022).


Esse balanço é o relatório final da gestão que se encerrou em julho de 2019. Este relatório abrange o período de dezembro de 2018 a julho de 2019. Vimos através desse, prestar contas aos sindicalizados do Sintuff.


Para começar, analisaremos dezembro de 2018, quando o ano fechou com déficit de R$ 317.155.37. As justificativas para esse resultado constam nos relatórios e balancetes publicados em nosso site, apresentados pela coordenação. Tivemos um grande volume de despesas, dos quais muitos já habituais, como: Festas das crianças R$ 97.287,87; Festa de final de ano: R$ 225.892,53 até 12/2018; Teve a recisão de contrato de um funcionário em dezembro no valor de R$ 22.470,62; Entre outras despesas, tivemos a greve que gerou um investimento de R$ 119.943,31.


Em 31/07/2019 obtivemos um superávit acumulado de R$ 125.427.39, (referente a dezembro de 2019 a julho de 2019). Julho foi o ultimo mês da gestão que se iniciou em 2016. É importante ressaltar esse superávit no primeiro semestre de 2019, mesmo havendo muitos investimentos nas lutas da categoria, contra o governo e suas reformas, em participações de plenárias e encontros locais e nacionais, além varias atividades do sindicato nas unidades da UFF em Niterói, nos Pólos do interior e no Rio como um todo, que totalizaram R$ 150.910,76. Também realizamos uma despesa extra e volumosa com a realização eleição da nova Coordenação e Conselho Fiscal do Sintuff para o biênio 2019/2021 que gerou um investimento total de R$ 190.682,85.

Seguindo a determinação estatutária de poupar 10% da receita mensal, no período de Dezembro de 2018 a Julho de 2019, aplicamos R$ 279.827,74, e os rendimentos nos fundos e poupança foram no valor de R$ 72.969,30.

No final da gestão em julho de 2019 o sindicato tinha disponível em espécie em todas as contas, o montante de R$ 1.827.808,00; O valor contábil referente aos bens móveis e imóveis totalizou R$ 1.970.087,66.