top of page
Buscar
  • Foto do escritorSINTUFF

DCE, SINTUFF e Aduff vão defender que 'Código de Ética' não seja votado sem amplo debate

Da Redação da ADUFF

Por Hélcio Lourenço Filho

Entidades reunidas na sede da ADUFF. Foto: L F Nabuco/ADUFF

Representantes das entidades centrais dos três segmentos da comunidade universitária da UFF - DCE, SINTUFF e ADUFF - voltaram a se reunir tendo como pauta única o Código de Conduta e Ética dos agentes públicos da Universidade Federal Fluminense que a Reitoria pretende pautar na próxima sessão do Conselho Universitário (CUV).

Na reunião, ocorrida na terça-feira (24), houve consenso na avaliação de que o Código de Ética não pode ser aprovado sem uma participação efetiva e democrática de estudantes, técnicos e docentes - o que não ocorreu até aqui.

Na sessão do CUV no início de outubro, o tema foi pautado, porém acabou sendo retirado por solicitação de parte dos conselheiros e conselheiras.

Ficou definido pelos conselheiros que uma audiência pública seria convocada para tratar do tema. Porém a Reitoria realizou uma reunião on-line, com fraca divulgação, para apresentar a proposta.

Essa reunião virtual não foi transmitida e tampouco teve a participação do reitor, professor Antonio Claudio da Nóbrega. Na avaliação das diretorias da Aduff, Sintuff e DCE, não atendeu aos requisitos de uma audiência pública e aberta ao conjunto da comunidade universitária - que será afetada pelos termos do Código de Ética que venha a ser aprovado.

Por isso, as entidades vão reivindicar da Reitoria a retirada do tema da pauta da próxima reunião do Conselho, marcada para o dia 1o de novembro de 2023, primeira quarta-feira do mês, no modo virtual, com início previsto para 10 horas da manhã.


Audiência com a Reitoria

Na audiência concedida às três entidades no início de outubro, o reitor se comprometeu em estabelecer um espaço permanente de diálogo. Essa mesa de diálogo e negociação - sugerida pelo próprio reitor - atenderia justamente à reivindicação das entidades por uma gestão que ouça mais a comunidade universitária e suas entidades representativas. Algo que o modo como o Código de Ética está sendo encaminhado se contrapõe.

"O CUV não pode votar o Código de Ética sem esse debate", afirma a estudante e conselheira Paula Marchon, do Diretório Central dos Estudantes Fernando Santa Cruz, que participou da reunião na ADUFF.

"O Código de Ética interfere em toda a comunidade, precisa ser construído pelos três segmentos", reforça o professor Rodrigo Torquato, da diretoria da Associação dos Docentes da UFF - seção sindical do Andes-SN.

"Essa reunião que realizamos vem seguindo um conjunto de esforços dos três setores de pautar uma UFF mais participativa. Esta é mais uma atividade que vamos compor [coletivamente]", observa a técnica-administrativa Bernarda Gomes, da coordenação do SINTUFF.

Com esses argumentos, e considerando o prometido espaço de diálogo, as entidades devem solicitar ao reitor, assim como a retirada do Código de Ética da pauta do Conselho, uma audiência com a ADUFF, SINTUFF e DCE para tratar do assunto.

Também participaram da reunião na sede da aduff representando as entidades os estudantes Lucas Ramos e Pablo Lima, do DCE. Todos os encaminhamentos serão levados às coordenações das respectivas entidades.

bottom of page