Buscar
  • SINTUFF

CUV barra cessão compulsória de servidores à EBSERH



O Conselho Universitário (CUV) aprovou por 68 votos a favor e 5 contrários que nenhum servidor do Hospital Universitário Antonio Pedro (HUAP) será cedido compulsoriamente para a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). A Assembleia da categoria no HUAP havia deliberado que os conselheiros do segmento técnico-administrativo apresentassem e defendessem resolução no Conselho Universitário para instituir a não cessão dos servidores RJU para a EBSERH.

Foram apresentadas uma proposta de moção e uma proposta de resolução contra a cessão. Toda bancada dos servidores técnico-administrativos se posicionou e defendeu contrariamente à possibilidade de seção compulsória. Por sugestão da mesa, a moção foi retirada por suas proponentes, pelo entendimento que a proposta de resolução tinha efeito prático e dava conta do teor político aprovado na Assembleia da categoria no HUAP.

Assim foi aprovada a resolução, proposta encaminhada pelos conselheiros Marcia Carvalho e David Ricardo, "que o CUV resolva que não haverá cessão compulsória dos servidores do RJU que atuam no HUAP para EBSERH". Uma importante vitória da categoria diante de uma ameaça que aflige os servidores do HUAP. Além da resolução aprovada, o CUV deliberou por uma formar uma comissão para avaliar o contrato do HUAP com a ESBERH, resultado da junção de proposições dos conselheiros Marcia Carvalho e David Ricardo e do professor Roberto Salles. Nesta comissão estará presente a conselheira Márcia Carvalho.

Posts recentes

Ver tudo