Buscar
  • SINTUFF

Ato contra os cortes na Educação toma as ruas do Centro do Rio

Atualizado: 24 de out.


Ato toma a Avenida Rio Branco, no Centro do Rio (Fotos: Jesiel Araujo)

Mais de 70 cidades tiveram atos no dia 18 de outubro contra os cortes de Bolsonaro na educação. As manifestações foram convocadas por entidades estudantis e sindicais. Combinada com a luta contra os cortes estava na ordem do dia a necessidade de derrotar o governo Bolsonaro também nas urnas. Estudantes, docentes e técnico-administrativos da UFF tem utilizado massivamente um adesivo com os dizeres “Eu defendo a UFF, voto 13 para derrotar Bolsonaro”.

O SINTUFF convocou uma Assembleia prévia à manifestação. Devido à proximidade do horário do ato, tendo em vista que havia perceptível consenso em relação às resoluções políticas aprovadas pela Coordenação do sindicato sobre o segundo turno das eleições, definiu-se suspender a Assembleia para agilizar a participação no protesto junto aos estudantes, docentes e demais profissionais da educação. Dessa forma, a convocação da Assembleia exerceu a função prática de agrupar mais pessoas para participar do ato. Em Niterói, houve concentração nas Barcas para rumar ao protesto no Centro do Rio.

No Rio de Janeiro, os manifestantes se concentraram na Candelária, de onde a multidão percorreu a Avenida Rio Branco em direção à Cinelândia aos gritos de “Não vai ter corte, vai ter luta” e “Fora Bolsonaro”. A chuva não desanimou os manifestantes que seguiram animados durante todo o percurso. O ato foi encerrado na Cinelândia.








Posts recentes

Ver tudo