• SINTUFF

Reitor é o único responsável caso haja corte de ponto. Saiba mais...


O reitor lançou ameaça de cortar o ponto dos servidores em greve. Ele afirma que é “obrigado” a acatar uma inexistente ordem da justiça. A liminar provocada pela própria reitoria, além de não declarar a greve abusiva, em nenhum momento ordena expressamente ao reitor que corte o ponto. A decisão judicial não estabelece nenhuma punição ao reitor caso ele não corte. Até porque, se a liminar é em favor da reitoria e contra o SINTUFF, seria esdrúxulo que ela punisse quem a pediu.

A própria interpretação da procuradoria, na qual o reitor diz se basear, define que se trata de “autorização de corte de ponto dos servidores em greve”. Autorizar não é sinônimo de ordenar ou obrigar. Autorizar é dar consentimento, permissão ou licença. Ou seja, o reitor está autorizado a cortar ponto, mas é exclusivamente dele a decisão e não da justiça. Não vai sair nenhum centavo do bolso do reitor, como inventou na audiência. Não está prevista nenhuma punição judicial ao reitor ou à UFF caso não haja corte de ponto. Nenhuma!

Os servidores não são tolos, sabem ler, sabem o significado das palavras e estão fartos do cinismo da reitoria. O corte de ponto se ocorrer tem um único responsável: REITOR ANTONIO CLAUDIO, que deveria assumir suas decisões políticas e parar de escondê-las atrás do TCU, dos demais órgãos de controle e da Justiça. Participe da Assembleia decisiva!

#reitor #greve #cortedeponto

Endereço:
Rua Coronel Tamarino, nº 37 - Gragoatá

Niterói - RJ

CEP: 24210-380

secretaria@sintuff.org.br

Telefones: (21) 2717-9292 / 3604-1800

© 2013

by Marcello Bertolo

  • Blogger Square
  • b-facebook
  • Google Round
  • Twitter Round
  • b-youtube