• SINTUFF

Paralisação 23/5 por reajuste, contra os cortes e as políticas de privatização


O XXIII CONFASUBRA aprovou paralisação no dia 23/5, conforme deliberação do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (FONASEFE). Foi uma batalha política importante garantir essa data de paralisação no CONFASUBRA, aprovada a despeito das velhas direções da CUT e CTB que nada querem fazer. O dia 23 será de mobilização com panfletagens, paralisações e atos públicos nos estados.

As grandes universidades paulistas como a UNICAMP, a USP e a UNESP deflagraram greve contra a política de desmonte da universidade pública, assim como vimos no âmbito das federais com a greve da UnB, onde foram demitidos mais de mil estagiários e centenas de terceirizados. A própria reitoria da UnB se somou às entidades sindicais e estudantis em um ato no MEC que foi duramente reprimido pela força policial. Na UERJ, servidores, docentes e estudantes enfrentaram de forma heroica a política de desmonte e privatização de Pezão e do PMDB para manter a duras penas a universidade aberta.

A PEC 55 que congela investimentos no setor público por 20 anos já atinge toda a educação pública, em todas as esferas, gerando todo esse brutal desajuste. A saúde sofre de forma avassaladora os efeitos do ajuste fiscal e da privatização. A aplicação da EBSERH nos hospitais universitários é um mar de promessas não cumpridas e descumprimento das cláusulas contratuais. O resultado é mais sucateamento, redução de leitos, aposentadorias precoces de servidores devido ao assédio moral, enquanto uma ínfima minoria de dirigentes abocanha salários polpudos. Enquanto educação e saúde pública agonizam, o governo destina mais da metade do orçamento público ao pagamento de juros aos banqueiros, de uma dívida pública constituída de forma ilegal e sem auditoria.

Frente a esse cenário, se coloca a necessidade de unificar as lutas em curso e construir uma greve unificada. A exemplo da UnB e das estaduais paulistas, a FASUBRA precisa avançar na mobilização e na construção da greve. Fortalecer a paralisação deste dia 23 é fundamental nesse sentido.

O SINTUFF, em sua assembleia, aprovou paralisação e uma atividade em frente ao HUAP a partir das 7 da manhã. A nossa pauta é por reajuste salarial de 25,63% para todas as categorias, pela extensão das 30 horas a todo o serviço público, pela extinção da EBSERH, pelo reposicionamento dos aposentados, pela extinção da EC 95 que congela investimentos no setor público e contra as medidas de ataque de Temer aos servidores e aos serviços públicos.

Participe desta luta unificada. Paralise o seu setor e compareça ao ato no HUAP, que será a partir das 7 da manhã.

#CampanhaSalarial #paralisação #CONFASUBRA #assembleia

349 visualizações

Endereço:
Rua Coronel Tamarino, nº 37 - Gragoatá

Niterói - RJ

CEP: 24210-380

contato@sintuff.org.br

Telefones: (21) 2717-9292 / 3604-1800

© 2013

by Marcello Bertolo

  • Blogger Square
  • b-facebook
  • Google Round
  • Twitter Round
  • b-youtube