• SINTUFF

ALERJ solta deputados corruptos com ajuda da PM e da Força Nacional


Para que limites? Em sessão extraordinária da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ), convocada às pressas, a maioria dos deputados votou pela libertação dos corruptos deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, presos preventivamente pelas acusações de uso de cargos políticos para a prática de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. A decisão judicial unanime de cinco desembargadores do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) foi derrubada sem cerimônia pelos deputados comparsas de Picciani.

A indignação generalizada tomou as redes sociais e foi assunto do dia em todos os lugares, tais como padarias, cafés, lanchonetes, bares, corredores, locais de trabalho e transportes públicos. A revolta se ampliou após a votação, quando manifestantes que tentavam acompanhar a sessão das galerias foram arbitrariamente impedidos de entrar. A Polícia Militar e a Força Nacional cumpriram papel de capangas dos bandidos de terno e gravata, expulsando os manifestantes com muita bomba e cacetadas. Uma oficial de justiça que trazia liminar intimando a ALERJ a abrir a sessão ao público foi impedida pelos policiais de entrar. Após a sessão, os deputados foram imediatamente libertados, sem qualquer despacho judicial, apenas com um documento da Assembleia Legislativa. Diante das arbitrariedades cometidas, a bancada do PSOL na ALERJ anunciou que vai entrar com ação na Justiça para anular a sessão.

O SINTUFF esteve presente junto aos servidores estaduais, ativistas de diversos movimentos e à população que protestava em frente à ALERJ.

Fotos: Zulmair Rocha

#ALERJ #PM #Picciani #corruptos

Endereço:
Rua Coronel Tamarino, nº 37 - Gragoatá

Niterói - RJ

CEP: 24210-380

secretaria@sintuff.org.br

Telefones: (21) 2717-9292 / 3604-1800

© 2013

by Marcello Bertolo

  • Blogger Square
  • b-facebook
  • Google Round
  • Twitter Round
  • b-youtube